Conhecendo o Instituto Jatobás

João Santos, Jacinta Gunther, Rubens Gunther e Anette Kaminski

Em 10/08/18, Jacinta e Rubens Gunther estiveram em Pardinho-SP, para conhecer o Instituto Jatobás. Foram recepcionados por João Santos e Anette Kaminski, responsáveis pela Kaleydos, uma plataforma de investimentos e desenvolvimento de soluções e negócios que contribuem  com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) do Instituto Jatobás.

A missão do Instituto é influir para a ampliação da consciência e oferecer conhecimento para a construção de caminhos coletivos solidários e sustentáveis. Tem como propósito a incorporação desses princípios nas práticas pessoais, organizacionais e comunitárias. Atua desde 2002 no município de Pardinho com base no modelo “Ecopolo de Desenvolvimento Sustentável” (urbano, rural e de áreas naturais). Entre as diversas iniciativas do Instituto está o Centro Max Feffer Cultura e Sustentabilidade, criado em 2008 para desenvolver e difundir a cultura da sustentabilidade na região. Construído em uma praça pública cedida pela Prefeitura Municipal, o Centro traz, em sua concepção, uma série de técnicas inovadoras dos chamados “edifícios verdes”, e destaca-se por suas linhas diferenciadas e sua cobertura totalmente desenvolvida com bambu. Unindo a vocação local à missão do Instituto Jatobás, o Centro valoriza a cultura do município e promove a participação e interação da comunidade. É também um espaço que permite a vivência da cidadania, pois abriga atividades como biblioteca, centro de inclusão digital, programação cultural, estímulo à criação e produção artística e muitos outros, permitindo à população local encontrar ali atividades de entretenimento, aprendizado, descoberta, inovação e bem-estar. Para espetáculos, foi construído um palco com auditório aberto e capacidade para 500 pessoas.

Rubens Gunther destaca que “ficou impressionado com o potencial do Instituto Jatobás e as convergências possíveis com o Riviera Santa Maria”.